Balanço Geral SP fecha maio com recorde de média e encerra o semestre atingindo 11 milhões de telespectadores e crescimento de 13%

Leonardo Lima
Por Leonardo Lima

O Balanço Geral SP acumula resultados positivos, no primeiro semestre de 2024, e só tem motivos para comemorar! Além de atingir, na Grande São Paulo, 11,16 milhões de telespectadores no período, o programa registrou aumento de audiência e share acima de 10%, somando ainda liderança de mais 1h30 na parcial do ano. E mais: a atração encerrou maio com um recorde, a maior média mensal em dois anos e meio.

Apresentado por Reinaldo Gottino – com participação do comentarista de segurança Renato Lombardi e de Fabíola Reipert, no quadro A Hora da Venenosa -, o Balanço Geral SP marcou, entre o início de janeiro e 13 de junho deste ano, média de 6,7 pontos e share de 17,1%. Um crescimento de 13% e 12%, respectivamente, em comparação aos resultados do mesmo período de 2023, quando havia alcançado 5,9 de média e 15,2% de participação.

No primeiro semestre, o programa também somou 92 minutos de liderança. Deste total, 40 foram registrados em abril, e mais 40 em maio. Com estes números, o jornalístico da RECORD manteve a vice-liderança isolada, ampliando, cada vez mais, a vantagem sobre o SBT. Na parcial de 2023, o canal concorrente tinha anotado 3,3 pontos de média e share de 8,4%, na faixa do Balanço Geral SP. Em 2024, o desempenho caiu para 2,6 pontos e 6,7%. A diferença do resultado da audiência, que era de 82% no ano passado, saltou para 154% no semestre atual.

Recorde de média mensal em maio

Em maio, com 7,2 de média e share de 18%, o Balanço Geral SP, mais uma vez, mostrou que está em curva de crescimento, com a média mais alta desde janeiro de 2022, quando atingiu 7,5 pontos. O SBT, por sua vez, anotou média de 2,6 pontos e participação de 6,6%, praticamente 1/3 dos índices do Balanço Geral SP.

A Hora da Venenosa também tem aumento na audiência e recorde!

O quadro A Hora da Venenosa também se destacou, nos comparativos entre o primeiro semestre de 2023 e 2024. Na parcial do ano passado, o quadro comandado por Gottino, Lombardi e Fabíola Reipert havia alcançado média de 6,6 pontos, com share de 15,7%. E subiu para 7,2 pontos e 17,2% de participação. A alta foi de 9% e 10%, respectivamente.

E na média mensal de maio, a atração garantiu um novo recorde – 7,5 pontos, a maior média desde setembro de 2023 – e 17,6% de participação.

Categorias

Tags

Compartilhe este artigo