Senador Jorge Kajuru defende renovação de concessão da Globo

Leonardo Lima
Por Leonardo Lima

A concessão da Globo terminou nesta quarta-feira (05). Por diversas vezes o presidente da República do Brasil e candidato a reeleição, Jair Messias Bolsonaro disse que poderia não renovar a concessão ao canal da família Marinho. Na mesa data do término o senador Jorge Kajuru (Podemos-GO) defendeu em pronunciamento na câmara do senado federal , a renovação da concessão pública da Rede Globo de Televisão por mais 15 anos.

É importante lembrar que o senador Jorge Kajuru é crítico a Globo mas reconhece a qualidade da produção e programação do canal. Além da emissora ser um patrimônio cultural do Brasil, com grande projeção internacional. Em determinado trecho de acordo com a Agência Senado, Kajuru questiona qual seria a justificativa para tirar a concessão do canal carioca, confira:

“Qual a justificativa para tirar o sono de 16 mil famílias que dependem diretamente do grupo, que ainda cria empregos indiretos, ao movimentar o trabalho de mais de 6 mil agências de publicidade, as quais atendem cerca de 30 mil anunciantes? Como explicar ao mundo o bloqueio de uma instituição que já conquistou 18 troféus do Emmy Internacional, uma espécie do Oscar da Televisão?”

O senador eleito em 2018 pelo estado de Goiás, pediu em pronunciamento que o líder do governo, senador Carlos Portinho (PL-RJ), que orientasse o presidente Jair Bolsonaro a não vetar o pedido da emissora, que já foi encaminhado ao Ministério das Comunicações.

O senador Jorge Kajuru lembrou do desempenhado por Roberto Marinho, que dirigiu o grupo por diversos anos, até morrer em 2003. E segundo o parlamentar, Roberto Marinho mesmo sendo conservador jamais demitiu qualquer profissional que manifestasse ideias contrárias à ditadura militar.

Colaborou Leandro de Assis

Confira o vídeo:

https://twitter.com/leonardolima888/status/1578455634194075648

Categorias

Tags

Compartilhe este artigo