Domingo Espetacular precisa de uma repaginada total

Pedro Lima
Por Pedro Lima

Estreou em 18 de abril de 2004, a revista eletrônica dominical, Domingo Espetacular.  Já passou por diversas fases. Teve passagem apresentadores importantes, que deixaram a sua marca carimbada na atração.

Nos anos anteriores, o Domingo Espetacular apostava em pautas mais sérias e sisudas, o que chamava a atenção do telespectador e acabava correspondendo na alta audiência. Era o grande incômodo da Globo nas noites de domingo.

Atualmente, a revista eletrônica apresenta pautas consideradas cult ou, até mesmo, desnecessário. Assuntos mais sérios, seguem em segundo plano. Outro problema que deveria ser corrigido é a sua longa duração.

Matérias longas faz com que o telespectador perca o interesse e mude de canal. 

A apresentação Paulo Henrique Amorim, Janine Borba, Thalita Oliveira e Patrícia Costa segue bem alinhado. Entretanto, deveriam apostar num revezamento entre os apresentadores, ficaria algo bem interessante.

Com um histórico atraente, o Domingo Espetacular necessita de uma repaginada geral, no cenário, já teve, agora falta trazer pautas interessantes que prendam e chamem a atenção dos telespectadores.

As opiniões contidas nesta coluna são de responsabilidade do autor e não corresponde, obrigatoriamente, a linha editorial do N1 Entretenimento.

 

Categorias

Tags

Compartilhe este artigo