Opinião: Sem Silvio Santos no ar, SBT não é o mesmo

Gabriel Correa
Por Gabriel Correa

Por conta da Pandemia, Silvio Santos não teve programas inéditos em  2020, ele até voltou neste ano (2021), mas pegou Covid-19 e Patrícia Abravanel está comandando os programas do pai. Silvio Santos deu um susto no público quando saiu a notícia do positivo para a doença.

Só que no final deu tudo certo e se curou, Patrícia aliás foi a responsável por dar a informação no Vem Pra Cá.

Aliás, não podemos esquecer de mencionar que o SBT tomou todo o cuidado quando Silvio Santos retornou suas gravações, teve toda uma estrutura.

Sem Silvio Santos nos domingos, a TV não é a mesma. O apresentador é único, sabe comandar uma atração como ninguém.

Não podemos negar que ele  passa dos limites em algumas brincadeiras no seu programa, mas os convidados sabem do jeito do apresentador, que sempre foi muito carinhoso.

Silvio faz um simples quadro, ser mais interessante que um formato comprado de sucesso.

Ele foge do assistencialismo, são quatro horas de pura diversão e com vários quadros, ao contrário de vários  programas de auditório que ficam mais de duas horas no mesmo assunto.

Sem Silvio Santos no ar, não só o domingo, mas o SBT também  não é o mesmo, parece triste. E muita gente liga na emissora apenas por conta do apresentador.

 

Categorias

Tags

Compartilhe este artigo