Consolidados, o jornalismo da RECORD vive em ótima fase

Leonardo Lima
Por Leonardo Lima

A RECORD mantém o seu jornalismo na vice-liderança isolada na Grande São Paulo e no Mercado Nacional que dispõe as demasiadas praças do país. Mesmo com as mudanças na programação do SBT que espanta o seu público, a emissora pertencente ao bispo Edir Macedo consolidou-se na posição atual e com vantagens contra a sua concorrente indireta. O Balanço Geral Manhã segue oscilantes, mas consegue um desempenho elástico com coberturas especiais.

Mais tardar, o Fala Brasil eleva a audiência e entrega para o Hoje em Dia que reaproveita as pautas do jornalístico, afim de segurar os telespectadores. Embalado com o enfraquecimento da TV Globo devido a reprise de Cheias de Charme (2012) no bloco Edição Especial, o Balanço Geral SP volta a registrar altos picos e ameaça timidamente a líder de audiência nos confrontos diretos. Se aproveitando deste momento, o Cidade Alerta Nacional e Local empilha o Jornal da Record que se distancia cada vez mais do SBT Brasil com César Filho.

Nos finais de semana, as edições de sábado, o Domingo Espetacular e o Câmera Record cumprem com o seu papel que é vencer com folga a emissora comandada atualmente comandada por Daniela Beyruti. Sem mais delongas, a RECORD vive a sua melhor fase no principal pilar de sua programação, o telejornalismo que se faz presente na vida de seus telespectadores.

As opiniões contidas nesta coluna são de responsabilidade do autor e não corresponde, obrigatoriamente, a linha editorial do N1 Entretenimento.

Categorias

Tags

Compartilhe este artigo